Por favor, aguarde enquanto preparamos sugestões de leitura para você...

Blogs com notícias similares:

Atualizado 6 horas atrás.

Por Portal em Opinião e Notícias desde 20/04/2012

http://portalguiame.dihitt.com Portal Guiame

Noticias Gospel

Ranking 1158º

Atualizado 12 horas atrás.

Por Perderpesorapido em Saúde desde 19/01/2014

http://perderpesorapidocom.dihitt.com Perder Peso Rápido

Aprenda como perder peso rápido

Atualizado 1 dia atrás.

Por Receitas em Culinária desde 24/08/2012

http://receitasmastercook.dihitt.com Receitas Master Cook

Receitas Master Cook: As melhores receitas divididas por categoria: doces, bolos, sobremesas, tortas, massas, carnes, vídeos culinários explicativos e muito mais!

Ranking 6145º
Sua opinião:
comentou em 19/09/2010 09:40
so tenhu uma palavra
pra decrever tão grande escritora
"tudo de bom "

bjim guria!
naum sou muito doceira
e nem imaginava q num podia mexer as abobrihas!
comentou em 19/09/2010 10:06
Josy, isso é covardia cmigo que to tentando fazer um regime pra perder um pouco da pança,
faz isso naum minina me deixou com água na boca,
abçs e bom domingo.

Marivan
comentou em 19/09/2010 10:49
Cora dispensa comentários, claro.
Quanto à filha, vejas que já tem Livro editado...que coisa como o sangue vinga nessa trajetória familiar. Maravilha isto. Considero um orgulho.

Deixa eu te contar uma do pai (falecido há 14 anos) quando éramos pequenas ainda (irmãs) sobre o doce de abóbora:

- O pai sempre ia buscar na casa de uma senhora o jornal "Correio do Povo" que era assinante e as pessoas na época pegavam lá seu exemplar.
Era domingo e o pai bateu à porta (o pai era extremamente comunicativo e vereador na cidade) e essa senhora:

- Seu Ulisses! ah, o senhor tem que entrar e provar meu doce!!!
O pai:
- Mas que satisfação! vamos lá então...desde que não seja doce de abóbora...

rsrs
Adivinha qual era o doce??????????????????????????????????
NADA MAIS NADA MENOS QUE DE ABÓBORA!!!
Pode? o pai voltou pra casa morto de vergonha, mas acabou comendo o doce na mulherrsrs
ah, que horror!

Foi bem assim como contei, porque aquilo foi tão cruel que nunca esqueci nem das palavras do pai.

rsrs
beijão, Maria Marçal - Porto Alegre - RS
comentou em 19/09/2010 11:25
Josy que grata surpresa,
Cora Coralina, agora gosto mais ainda.
Adoro doce de abobora.
Excelente post,
bjs,
Vitor.
comentou em 19/09/2010 20:42
Bá, adoro doce de abóbora.

Paulo